Exame ginecológico dói?

Não há dúvidas de que é preciso cuidar da saúde e em todos os aspectos. Muitas vezes, é comum deixar os exames ginecológicos em segundo plano e consultar um especialista na área apenas quando um problema aparece, porém, é fundamental ter a preocupação com a região íntima desde cedo.

Para muitas mulheres, sejam elas adultas, jovens ou adolescentes, fica a dúvida e o medo de como será o exame, se causará dor ou se é realmente necessário fazer até que se precise. Independente da idade, se é a primeira consulta ou não, eles devem virar rotina em sua vida e explicaremos o por quê.

A importância dos exames ginecológicos

Os exames ginecológicos são importantes por diversos motivos. Eles são o ponto principal para prevenção de possíveis doenças que atingem as mulheres e até mesmo para as gestantes para controle de natalidade.

 importância dos exames ginecológicos

importância dos exames ginecológicos. Imagem:divulgação

Desde corrimento, sangramento, doenças sexualmente transmissíveis e até câncer, tudo isso é detectado através dos exames acompanhados do olhar de um especialista. É sempre ele quem vai indicar o que se deve ser feito.

Muitas vezes, os problemas são percebidos em um simples exame de rotina e, quando combatido desde o começo, pode ser feito de uma forma tranquila. Agora, quando espera muito ou só procura um médico quando algo deu errado, a cura pode ser de forma mais complicada.

Acesse e saiba mais informações: Conheça os tipos de estrias e veja como evita-las

Exame ginecológico dói?

Na teoria, eles não devem doer, mas algumas exceções podem acontecer como o caso de ter algum ferimento ou doença na região íntima ou estar muito nervosa e tensa na hora do exame, algo que pode ocorrer por diversos motivos. Por isso, a dica é relaxar e deixar acontecer, uma vez que ele é necessário e, quando feito da maneira correta, é bem rápido.

 importância dos exames ginecológicos

importância dos exames ginecológicos. Imagem:divulgação

O que é mais normal acontecer, é a mulher sentir um certo incomodo durante o exame ginecológico, mas não é nada que cause dor, mas, sim, um estranhamento por fazer algo que não está acostumada. Mas pode ficar tranquila porque o profissional tem que saber o que está fazendo e deixá-la relaxada enquanto a isso.

Exame ginecológico papanicolau

O papanicolau é um exame ginecológico muito importante e que pode salvar vidas! Ele é feito de maneira simples dentro do próprio consultório médico e consiste na coleta por meio de raspagem com uma espátula especial do material presente no colo uterino.

Exame ginecológico papanicolau

Exame ginecológico papanicolau. Imagem:divulgação

Depois, o conteúdo coletado vai para laboratório para que possam ser feitos exames e detectar possíveis doenças. Através dele, podem ser encontrados o vírus do HPV e também o câncer de colo de útero, sendo o exame a principal forma de prevenção.

A importância de se fazer o exame é justamente para que, caso dê alguma alteração, possa ser encontrada e tratada com rapidez. O papanicolau deve ser realizado por todas as mulheres que têm vida sexual ativa.

Acesse e saiba mais informações: Doenças Sexualmente Transmissível na Adolescência

Exame ginecológico colonoscopia

A colonoscopia é um exame considerado endoscópico feito no intestino grosso e na porção distal do íleo. A principal finalidade dele é para descobrir possíveis tumores presentes no órgão que, com o tempo, podem tornar-se malignos.

Além do diagnóstico para o câncer, a colonoscopia também é fundamental para a identificação de doenças inflamatórias intestinais e outras que podem causar incômodos na região. Existe toda uma preparação anterior ao exame que deve ser indicada pelo médico.

Exame ginecológico colonoscopia

Exame ginecológico colonoscopia. Imagem:divulgação

Durante o exame, é analisada a mucosa do intestino, além da coleta de material para exames posteriores ou retirada de possíveis pólipos ou reparo de lesões. A colonoscopia é indicada para pessoas acima de 40 anos ou que apresentem disfunções intestinais como diarreia frequente, prisão de ventre, dor abdominal, sangramentos ou qualquer outra doença inflamatória.

Acesse e saiba mais informações: Entenda tudo sobre a Pílula do dia Seguinte

Qual a frequência para fazer exame genecológico?

Na adolescência e juventude, os exames ginecológicos são importantes caso já tenha iniciado a vida sexual. Se não tiver, também é fundamental marcar uma consulta com um ginecologista para dúvidas, prevenção e outros assuntos, mesmo que ainda seja virgem.

Exame ginecológico

Exame ginecológico. Imagem:divulgação

Já na fase adulta, a ida ao ginecologista deve ser frequente, com pelo menos, uma visita marcada ao ano para os exames ginecológicos e coleta do papanicolau. Vale ressaltar que essa é a principal maneira para descobrir possíveis doenças.

Os exames ginecológicos são importantes por toda a vida. Fica atenta aos sinais do corpo e a sua saúde é algo fundamental para evitar qualquer tipo de problema daqui pra frente.

Comments are closed.