Gravidez na Adolescência

Uma criança exige inúmeros cuidados, desde que está na barriga da mãe necessita de carinho paciência e principalmente responsabilidade, pois não é um brinquedo e sim uma vida.

Uma mãe precisa estar preparada psicologicamente, pois o seu tempo sempre será ao lado de seu filho, afinal de contas ele é totalmente dependente dela principalmente na fase da amamentação que é fundamental para seus primeiros meses de vida. Se planejado com certeza será um processo bem sucedido. Obtendo condições financeiras e alcance de dar uma boa vida ao seu filho (a), provavelmente acompanhado de seu companheiro (a), e totalmente aprovado e aceito por sua família será uma criança feliz.

Mas existem vários tipos de situações uma delas é a gravidez ocorrida na adolescência. Na maioria das vezes não é aceita pela jovem nem por seu parceiro e muitos menos por sua família. A jovem se encontra em uma situação muito complicada. São muitos que julgam e poucos se põem no lugar. A adolescente pensa em fazer aborto, pode entrar em uma depressão e não tomar os cuidados básicos que uma gravida precisa para cuidar de sua saúde e a da criança.

Reações dos pais

Pais revoltados podem piorar a situação (Foto: Divulgação)

Pais revoltados podem piorar a situação (Foto: Divulgação)

É comum todos os pais ou responsáveis de uma jovem gravida, se perguntarem aonde erraram sendo que inúmeros deles põem suas filhas para fora de casa. Antes uma jovem que tinha todo seu tempo do mundo, agora com a gravidez fora de hora se encontra cheia de responsabilidades em suas mãos, por apenas um único ato feito sem cuidado. Os pais não compreendem, não aceitam por existir diversas maneiras de prevenção, sem contar a chances de ser infectada por uma doença que pode lhe custar a vida.

Como se prevenir a gravidez na adolescência

Estou grávida e agora? (Foto: Divulgação)

Estou grávida e agora? (Foto: Divulgação)

Existem muitos meios de se prevenir de uma gravidez indesejada, se a garota não toma nenhum tipo de pílula anticoncepcional, existem injeções também e a camisinha (preservativo) que pode ser pega em qualquer instituição de saúde pública totalmente de graça. Em casos de acontecer uma relação sexual sem nenhum desses meios e prevenção, a jovem ainda tem a opção de tomar uma pílula, mais conhecida como “pílula do dia seguinte” que pode ser utilizada em até após 48 horas após a relação.

As dificuldades

Gravidez na adolescência  (Foto: Divulgação)

Gravidez na adolescência (Foto: Divulgação)

Por ser jovem provavelmente a adolescente não tem condições de criar uma criança, não tem um emprego, indispensável para arcar com as despesas de uma criança. Com tantos agravantes acaba acontecendo de algumas jovens doeram seus filhos, venderem ou até mesmo se prostituir para conseguir se sustentar. Os pais da adolescente podem assumir a responsabilidade levando a menina para casa proporcionando-lhe o necessário até a criança nascer e para os meses seguintes, quando a mesma poderá voltar as atividades normais, como estudar, trabalhar, etc.

 

Comments are closed.